quinta-feira, 30 de junho de 2011

Sopa com massa Wudon

Aqui fiz, quase que, uma viagem pela Asia, senao vejamos, massa wudon do Japao, massa de caril da Tailandia, mas o caldo picante ao estilo vietmanita.

Outra vez, fast food como deve ser...

O que eu mais gosto nas sopas asiaticas é aquele fenómeno, de misturar o seco da massa com o molhado do caldo, no mesmo prato.

No Martim Moniz existe uma loja chines que vende todos os ingredientes para este prato.

Bife com uma crosta de um creme de ervas frescas e espargos salteados

Afinal o curso de Culinary Arts que estou a tirar sempre me vai dando jeito.

Um bom bife dever ser "selado" na chapa", depois descansa numa grelha e coloca-se no forno a 200graus por 5 min.

Descansa de novo, barra-se com o creme de ervas frescas (neste caso foi, tomilho e basilico) corta-se em fatias generosas.

Os espargos foram descascados, depois beringidos, depois saltaedos em manteiga dos açores.

Simples mas, saboroso.


Pizzaaaa!

A minha filosofia para as pizzas – menos é mais. Concentro-me num sabor único em vez de numa série de sabores diferentes. É importante manter a simplicidade.

Os básicos: a massa; o molho; os queijos.

A massa deve ser muito fina e estaladiça e não grossa, mal cozida e sem sabor. O molho deve ser um guisado rico. Os queijos, para além de outros, devem ser sempre mozzarella ralada e fresca misturada.
Prefiro fazer pequenas pizzas com poucos ingredientes do que uma grande com tudo amontoado, por isso fiz uma de Salame e outra de cogumelos salteados.

Dá algum trabalho mas, vale mesmo a pena…



quarta-feira, 29 de junho de 2011

Tagliatelle salmão e caviar:)

Já notaram a combinação que faz salmão e alho francês? Pois, eu acho que é excelente!

A primeira vez que provei este prato foi num restaurante italiano no Bairro Alto "Massima Culpa". Mas, confesso que a minha versão é mais saudável, porque o original estava carregado de natas e manteiga, enquanto eu só uso azeite e um pouco de natas vegetais...

Aqui mostro a foto do prato antes e depois do caviar :) estar misturado na massa. Bom apetite!



segunda-feira, 27 de junho de 2011

Criatividade com os restos do dia anterior...

Fiz uma perna de peru gigante no forno que estava uma delicia, fui de fim de semana a casa dos meus pais e, deram-me o que sobrou de uma grelhada de codernizes. Sobras, detesto os restos dos dias anteriores!

Peguei nestes dois restos e misturei num refogado de alho frances e caldo de galinha (caseiro, claro). Fiz massa de empadas e recheei com queijo mozarella.

Afinal os restos podem tornar-se num belo petisco ;)

Canjinha de galinha para todos os males

Já os judeus diziam que a canja de galinha curava todos os males da saúde. Pois é, eu concordo, a minha filha pequenota está mal da garganta e com o narizito a pingar muito...Decidi fazer uma canja rica de galinha.

O caldo foi feito com chalotas, alho frances, cenoura e tomilho fresco...acrescentei uns cotovelinhos. Deliciosa

Churrascada

Para uma churrascada aconselha-se um bom braseiro, para um bom braseiro aconselha-se paciencia e, para ajudar a paciencia requer-se a ajuda de um bom vinho branco "lá da quinta" alvarinho bem fresquinho.

As salsichas picantes foram igualmente para ajudar a paciencia...e estavam maravilhosas. Os pimentos foram para se fazer uma salada (que esqueci de fotografar) de pimentos grelhados, tomate, alface e requeijão.

O entecosto "piano" precisa de ser muito bem grelhado e basta por sal grosso, qd a carne é boa qq outro tempero é para estragar o verdadeiro sabor.

Não são todos os talhantes que o fazem mas, esta barriga de porco "entremeada" estava divinal...e como a praia estava cheia, nao havia pressa para la ir...aconselho um tinto fresco touriga nacional "lá da quinta".

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Sardinhas assadas

Nada melhor do que começar o Verão com uma sardinhada...ainda não estão gordinhas como se quer mas, estavam um espectáculo.Vejam só o tamanho destes peixinhos. Como manda a regra as saladinhas fresquinhas...e uma paisagem de chorar por mais. Claro que não dispensei a sobremesa dos frutos da época
Sugiro que se regue este petisco com um branquinho chardonay+fernão pires "lá da quinta" bem fesquinho.

Arroz de pato


Este arroz de pato é para ser feito com muito tempo. Fiz um stock de cebola, cenoura e, alecrim, as pernas do pato e pedaços generosos de bacon de boa qualidade. A cozedura do arroz foi terminda no forno. Sugiro que acompanhem este prato com Tinto D. Ermelinda reserva 2007.